Os cabelos dos anos 1980 estão de volta, e as nossas celebridades favoritas são as responsáveis

postado em 21/05/2024

Você fez careta quando viu a manchete desta matéria? Referências à beleza dos anos 1980 geralmente evocam visões de ícones como Madonna ou de permanentes volumosos e maquiagem metálica no estilo Pat Butcher – não há muito meio termo quando pensamos na década. No entanto, com nada menos do que quatro grandes celebridades exibindo cabelos claramente inspirados nessa época de excessos nas últimas semanas, estamos afirmando: os cabelos dos anos 1980 estão de volta e com força total.

Notável pelo seu volume e acabamento macio, o cabelo dos anos 80 é grande e volumoso. Naquela época, o spray fixador era essencial, com muitas borrifadas para criar mechas rígidas que ficavam no lugar devido às formulações antigas. A permanente – agora praticamente extinta – foi outra grande característica da época, assim como mullets e outros cortes de cabelo extravagantes com camadas despojadas, como os cortes “wolf”, que voltaram lentamente para a beira do convencional nos últimos anos.

Miley Cyrus realmente se dedicou à ressurreição do cabelo dos anos 80 este ano. No Grammy, que aconteceu neste mês, ela chamou a atenção com um penteado bufante, que trazia as raízes levantadas para cima e cachos que emolduravam o rosto. Seu cabeleireiro, Bob Recine, usou bastante hairspray de volume para criar o visual. O objetivo? “Queríamos [criar] algo mais cheio… mas sexy e despenteado, com uma textura agradável”, disse ele. O cabelo de Cyrus parecia ter certo movimento – algo que nem sempre era garantido nos anos 80.

Miley Cyrus — Foto: Frazer Harrison
Miley Cyrus — Foto: Frazer Harrison

Em um evento em Londres recentemente, Billie Piper usou um penteado no estilo mullet, criado por seu cabeleireiro Halley Brisker. “Billie e eu compartilhamos inspirações de mullet pelo WhatsApp nas últimas semanas, trabalhando em maneiras de incorporar isso a um look que estava por vir, então achamos a ocasião ideal”, ele me conta.

Billie Piper — Foto: @halleybrisker
Billie Piper — Foto: @halleybrisker

Em uma sessão de fotos para Duna: Parte Dois em Londres, Florence Pugh realmente ousou com o cabelo dos anos 80. A camaleoa capilar, que já apostou nos fios puxados para trás e cachos à lá Marilyn Monroe, desta vez optou por um mullet espetado, completo com bastante volume na raiz, pontas viradas para fora e uma franja desconectada. Isso só pode ser descrito como um cabelo marcante.

Florence Pugh — Foto: Getty Images
Florence Pugh — Foto: Getty Images

Ah, e então temos Blake Lively, que se juntou à sua amiga Taylor Swift em uma área VIP no Super Bowl deste ano com cachos disco que dariam orgulho a uma jovem Mariah Carey. Uma abordagem moderna dos cachos em espiral desfeitos que eram tão presentes nos anos 1980, os cabelos de Lively foram uma interpretação mais usável da tendência.

Blake Lively Super Bowl — Foto: Getty Images
Blake Lively Super Bowl — Foto: Getty Images

Por que essa repentina obsessão pelos anos 1980? Brisker sugere que pode ser um ato de “rebeldia contra a abordagem mais polida, limpa e higienizada para penteados e maquiagens que faz parte da cultura da beleza há um tempo”. Enquanto o cabelo minimalista e luxuoso continua sendo incrivelmente popular, essa tendência funciona para os corajosos e experimentais que estão dispostos a testar algo totalmente diferente e sair do lugar comum.

Sade — Foto: Mirrorpix/Getty Image
Sade — Foto: Mirrorpix/Getty Image
Madonna — Foto: David Levenson/Getty Images
Madonna — Foto: David Levenson/Getty Images

E para dar os devidos créditos àquela era, olhando para trás, o expert nos presenteou com inúmeros visuais capilares icônicos para nos inspirarmos. Brisker cita Sade e Madonna como dois ótimos exemplos, enquanto Grace Jones, Dolly Parton e Cher também desempenharam papéis importantes no departamento de penteados na época. A interpretação atual dos anos 80 – como Piper, Lively, Pugh e Cyrus mostram – fogem da textura lacada para um acabamento suave e usável, enquanto os cortes de cabelo são criados para valorizar cada formato de rosto.

“Eu sempre dedico tempo para garantir que os detalhes funcionem para cada rosto, então, por exemplo, se for um mullet ou um corte wolf, certifique-se de acertar no estilo da franja para você”, explica Brisker. Por outro lado, “se você fica melhor com mais cabelo ao redor da linha da mandíbula, então siga essa direção. É sempre importante trabalhar com os ângulos e características do rosto para complementá-los, em vez de trabalhar contra eles – especialmente ao brincar com um estilo dos anos 1980 que traz cortes mais ousados.”

Pegue o spray fixador e dê volume às raízes, porque, ame ou odeie, o cabelo retrô veio para ficar.

Fonte: Vogue

Últimas notícias

10 ideias de maquiagens de festa junina para se inspirar

06/06/2024

Saiba mais

As tendências de beleza que precisamos ficar de olho, de acordo com a maquiadora internacional Diane Kendal

28/05/2024

Saiba mais

Qual o melhor demaquilante para pele sensível? Veja esses 3 que não agridem a pele!

14/05/2024

Saiba mais
×

Agendamentos!

Seja bem-vinda ao Espaço Soul, estamos muito felizes em receber você por aqui.

× Agende seu horário conosco!